ESOTERIC



SUBTITLES IN ENGLISH, ESPAÑOL, PORTUGUÊS

Click upon the circle after the small square for captions

Para uma boa e total compreensão do conteúdo destas mensagens, por favor, leiam

O Manual do Aprendiz – Lição 1.

O Manual do Aprendiz – Lição 2.

Thursday, February 28, 2013

The Manuscript of Survival - Part 275


stock photo : Portuguese flag butterfly, isolated on white background

O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 275 . Fevereiro 28 , 2013

Hoje entraram numa nova fase, Queridos, uma fase onde sentirão uma lufada de ar fresco a começar a formigar na vossa face. Porque mais uma vez saíram de um túnel de dores do parto e agora, sentir-vos-eis como se tivessem deixado algo bastante pesado, atrás, nesse túnel, e estais livres para se deslocarem com mais ligeireza. Porque despojaram-se, mais uma vez, de vestes antigas, coisas que se tinham agarrado a vós durante tanto tempo que quase se esqueceram que estavam aí, em primeiro lugar. Por isso, hoje disponham de algum tempo para celebrar, porque estão suficientemente leves para se erguerem neste ar puro.

Como de costume falamos por parábolas, mas pensamos que compreendem o que queremos significar com isto. E mesmo que algumas destas coisas a que nos referimos sejam quase invisíveis para muitos de vocês, você ainda vai sentir a sua ausência como um alívio em todo o seu sistema. Pois este processo de empurrar e puxar, apertar e soltar de forma quase rítmica, não está apenas a puxar todos mais adiante nesse caminho, está também a garantir que você continue a viajar cada vez mais leve. Então tome um descanso, como você certamente merece, depois de ter, mais uma vez, mergulhado nas águas geladas de segundos pensamentos, e mais uma vez emergido dela ainda mais certo de que este é o único caminho certo para você, e esta jornada é o que você tem sonhado por toda a eternidade. Pode não parecer como uma viagem de sonho em todos os momentos, mas mesmo quando as coisas ficam difíceis, você sabe que não tem nenhum desejo real para quitá-la e voltar para onde você veio. Pois você sente, mesmo na mais escura das horas, que você está sendo puxado para a mais brilhante das luzes. E mesmo que a corrente às vezes pareça dobrar-se sobre si e jogá-lo em um impasse, você ainda sente uma espécie de impulso para frente de qualquer maneira. Pois você nunca está em águas estagnadas por muito tempo, e quando você está lá, sabe que isto também está de acordo com o plano. Porque você não se destina a suportar uma interminável sucessão de corredeiras sem ter a chance de respirar, exalar e dar-te um pouco de descanso agora e depois. Pois você precisa deste pulso ser apenas isso, uma sensação dentro e fora de movimento e pressão, facilitando a ida para uma fase um pouco mais lenta e tranquila, onde você tem a chance de recuperar o fôlego, e recuperar um pouco antes de mais uma vez encarar uma outra corredeira.

Mas esses momentos calmos, se é que podemos chamá-los assim, às vezes, parecem ser os mais desafiadores, porque, então, sua mente tem um pouco mais de espaço para começar a pensar e sentir de novo, e depois, a incerteza e a descrença começam a elevar sua pequena cabeça de novo. Assim, para muitos, os períodos de intensa sinalização física sejam talvez os mais suportáveis, porque então você não só obtém todas as confirmações de que você precisa de que algo está realmente acontecendo, mas a sua mente não tem qualquer espaço para se comportar mal novamente, e vai recorrer a sentar-se silenciosamente em um canto, talvez apenas emburrada um pouco. Portanto, este ciclo de intensa atividade intercalado com alguns períodos de "baixa", vamos chamá-los assim, cada um traz consigo seus próprios desafios. Mas para vocês, que já se tornaram viajantes experientes, pensamos que já encontraram uma maneira de navegar nas corredeiras, assim como nas represas. Pois você aprendeu a se ligar, tanto com o seu próprio centro, mas também com toda a rede de companheiros de viagem aí fora, e, como tal, você se tornou mais do que adepto a trazer tudo a bordo, não importando quão assustador a corredeira seja, ou quão estranhamente silencioso o lago pareça ser às vezes.

Pois vocês têm viajado bem, e continuarão a fazê-lo, pois definiram seus olhares sobre a única coisa verdadeira que conhecem, que você está destinado a conquistar todo este rio e chegar à terra prometida, que você já pode sentir em algum lugar na distância. E o melhor de tudo, agora você sabe que vai chegar lá na companhia de muitas outras almas brilhantes como você. Pois você não está sozinho neste rio, mais, na verdade, já se conectou com muitos outros no caminho, e você pode ouvir seus gritos de alegria, e pode gritar encorajamentos para alguém que você ouça que está em perigo. E dessa forma, vocês podem todos se ajudar a seguir adiante nessa viagem.

Vamos apenas fechar a mensagem de hoje com uma saudação de todos nós. Estamos admirados de suas realizações, e mesmo que isso possa não ser novidade para nenhum de vocês, gostaríamos de lembrar a todos que vocês chegaram tão longe em apenas as últimas semanas. E a maior realização que vocês fizeram ultimamente, é a conexão que todos forjaram enquanto eram atirados para lá e para cá nas águas agitadas do rio. Pois não é dado que você deva tomar o tempo para chegar aos outros, enquanto você mesmo, por vezes, está mal segurando sua cabeça acima das águas, por isso estamos aqui para lembrar a todos que vocês de fato conseguiram algo que é mais do que surpreendente de fato. Então parabéns a todos, vocês não só ajudaram a si mesmo a ir muito mais ao longo das margens deste rio, mas também ligaram-se aos outros de tal forma que já formam uma corrente inquebrável de luz, cada link puxando os outros, e cada parte da cadeia fazendo todas as outras muito mais forte. Então, novamente dizemos, não se esqueça de agradecer a si mesmo pelo que faz. Pois o que todos vocês fazem é nada menos do mágico, e agradecemos a todos, do fundo de nossos corações, e nós fazemos isso em nome de toda a criação.
 
Channel: Aisha North






stock photo : English flag butterfly, isolated on white background



The manuscript of survival - Part 275 . February 28, 2013




Today you have entered a brand new phase dear ones, one where you will feel the breath of fresh air starting to tingle on your face. For you have once again exited a tunnel of travail, and now, you will feel as if you have left something rather cumbersome behind in that tunnel, and you are free to move in a much more lively fashion. For you have once again stripped yourself of some old raiments, things that have been stuck to you for such a long time, you had almost forgotten they were even there in the first place. So take some time to celebrate yourself today, as you are once again buoyant enough to rise even higher into this pristine air.

We speak in parables as usual, but we think you will all understand just what we mean by this. And even if some of the things we refer to are almost unseen by many of you, you will still feel their absence as a relief in your whole system. For this process of pushing and pulling, squeezing and letting go in an almost rhythmic fashion is not only pulling you all further along on this path, it is also ensuring that you continue to travel ever more lightly. So take a bow, as you certainly deserve it, after having once more being plunged into the icy waters of second thoughts, and once again emerged from it even more certain that this is the only right path for you, and this journey is what you have dreamed of for eternity. It might not feel like a dream journey at all times, but even when the going gets tough, you know you have no real desire to call it quits and return to where you came from. For you sense, even in the darkest of hours, that you are being pulled along towards the brightest of lights. And even if the current at times seems to double up on itself and throw you into an impasse, you still sense a sort of forward momentum anyhow. For you are never in stagnant waters for long, and when you are there, know that this too is according to plan. Because you are not meant to withstand an endless succession of rapids without having the chance to breathe in, exhale and give yourself a little rest now and then. For you need this pulse to be just that, an on and off sensation of movement and pressure, easing into a somewhat slower and more tranquil phase, where you get the chance to catch your breath and recuperate a little bit before you once again get to shoot another rapid.

But these quiet moments, if we may call them that, sometimes seem to be the more challenging ones, because then your mind gets a little bit more space to start to think and feel again, and then, uncertainty and disbelief starts to raise its little head again. So for many, the periods of intense physical signalling is mayhaps the more bearable ones, because then you not only get all the confirmation you need that something is indeed afoot, but your mind does not get any space to misbehave again, and it will resort to sitting quietly in a corner and maybe just sulk a little bit. So this cycle of intense activity interspersed with some ”down” periods to call them that, each bring with them their own unique challenges. But for you, who have become seasoned travellers already, we think you have found a way to navigate the rapids as well as the backwaters. For you have learned to connect, both with your own center, but also with the whole network of fellow travellers out there, and as such, you have become more than adept at taking it all on no matter how daunting the rapid is or no matter how eerily quiet the pond seems to be at times.

For you have journeyed well, and will continue to do so, for you have set your sights on the one true thing that you know, that you are destined to conquer this whole river and get to the promised land you can already sense somewhere in the distance. And best of all, now you know that you will arrive there in the company of a great many other shining souls just like you. For you are not alone on this river any more, in fact, you have already connected with so many others on the way, and you can hear their shouts of joy, and you can shout out encouragement to anyone you hear is in distress. And that way, you can all help each other onwards on this journey.

Let us just close off todays message with a salute from us all. We are in awe of your accomplishments, and even if this may not be news to any of you, we would like to remind you all that you have come such a long way in just the last few weeks. And the biggest accomplishment you have made lately, is the connection you have all forged whilst being tossed to and fro in the churning waters of this river. For it is not given that you should take the time to reach out to others while you yourself at times are barely holding your head above the waters, so we are here to remind you all that you have in fact achieved something that is more than amazing indeed. So cudos to you all, you have not only helped yourself so much further along the banks of this river, but you have also linked up with the others in such a way you already form an unbreakable chain of light, each link pulling the others along, and each part of the chain making all of the others just that much stronger. So again we say do not forget to thank yourself for what you do. For what you all do is nothing short of magical, and we thank you all from the bottom of our hearts, and we do so on behalf of All of creation.



Channel: Aisha North

Tuesday, February 26, 2013

26:02:2013The Manuscript of Survival - Part 274

stock photo : Portuguese flag butterfly, isolated on white background

O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 274 . Fevereiro 26, 2013

1.Durante algum tempo sentiram que os surtos de energia aumentaram e com eles, as coisas começaram a manifestar-se. Para alguns, estas manifestações parecem limitar-se a alguns episódios de irritação e, talvez, alguns deles também intensamente emotivos. Mas para outros, as coisas começaram a infiltrar-se às claras, e mesmo que alguns desses sinais pareçam fracos, de facto, são os precursores do que está para vir. E nos dias mais calmos sentirão esta certeza profunda no vosso interior porque reconhecerão por trás da sombra da dúvida que este mundo que habitam já mudou para além do reconhecível. Não apenas no ténue véu da ilusão que ainda o cobre, mas profundamente dentro do núcleo. E profundamente dentro do núcleo é onde está a verdade, porque o resto é apenas uma projecção, um filme que ainda se exibe para vos fazer pensar que está tudo como de costume.

2. Mas o que é que “está como de costume”? Ciclos contínuos de medo e ganância que se têm alimentado uns aos outros durante tanto tempo. Bem, esse ciclo foi quebrado e não pode ser reconstituído nunca mais. Porque não desejam mais alimentar essa maquinaria de consumismo sem fim, uma vez que já não acreditam nessa visão de felicidade. Pois viram através de toda essa encenação brilhante e compreenderam que a verdadeira felicidade tem outra origem, que é tão profunda que se parece com algo que não se pode comprar com dinheiro. Porque foi o dinheiro que manteve essa charada em primeiro lugar, essa ideia de que a verdadeira felicidade vem de partilhar todos os bens terrenos que são exibidos na montra de uma loja. E a ideia de que não podem ser felizes se não tiverem tudo isso, é que fez girar a roda da fortuna durante gerações. Mas não há o suficiente de tudo, quer sejam objectos ou dinheiro, que sacie a sede de alguma coisa para preencher esse gigantesco vazio interior.  


3. E assim têm continuado sempre e sempre, na vossa demanda sem fim, por realização e salvação. Mas a única coisa que surge é mais medo e mais ganância, e os dois alimentaram-se um ao outro, de tal modo, que conduziu a Humanidade e com ela a Mãe Terra para o limiar da autodestruição. Mas vocês pararam no vosso caminho, saíram desse jugo que vos estava a arrastar para o precipício e começaram a empurrar esse momento numa direcção completamente diferente. E agora, o resto da maquinaria começou a sentir o efeito da vossa nova gravitação. Porque é tal e qual um íman que está a ser atraído por uma força invisível semelhante, porque a vossa energia está a começar a ter um efeito profundo, não apenas na vossa existência mas em tudo o que existe. Porque  vocês não são  simples indivíduos a fazer uma nova escolha sobre a vossa própria maneira de viver. Também são geradores poderosos de um campo de energia que está a começar a afectar tudo dentro de um largo raio à vossa volta. E mesmo que sejam um número reduzido em comparação com o resto da população deste planeta, o vosso campo de influência já é muito poderoso, mas também está a crescer dia-a-dia.

4. Então dizemos agora, que estão a ampliar cada vez mais o vosso campo, e pela vossa própria presença, estão também a afectar os que estão à vossa volta e assim, a maximizar o efeito que estas energias têm. Porque vocês são as âncoras, e através de vós passa a corrente que está a aumentar de volume em todo o globo. E estão todos a começar a zumbir tal como um gerador eléctrico que emite um som baixo mas contínuo, pois está a gerar essa energia invisível. Portanto, não pensem que são apenas uma pequena gota no mar da Humanidade. Não, de facto, são tão eficientes como super condutores e estão a produzir um aumento firme de energia que está vagarosa, mas firmemente, a colocar a sua marca em tudo ao vosso redor. Por isso, sim, estão todos ocupados a mudar o mundo, mesmo que, de momento, sintam que estão precisamente em conflito com vós próprios. Porque são todos centrais de energia e o efeito combinado de todos esses campos de energia espantosos não é senão milagroso. E agora, já tiveram os primeiros vislumbres de como esta energia está literalmente a começar a empurrar a velha ilusão. Porque esta estrutura precária não tem poder contra a que vocês estão a usar. Porque a vossa energia vem do coração, e não há nada que a velha estrutura do poder baseada no medo possa mobilizar, que possa estancar o fluxo de energia de todos vós.

5. Por isso, saibam que a mudança já está aí e que continuará a crescer em velocidade e intensidade, pois as velhas estruturas continuarão a esboroar-se a uma velocidade que muitos observadores concluirão ser alarmante. Mas saberão melhor, porque sabiam que já está a chegar há muito tempo, mas que finalmente está aqui. E quando o velho padrão morrer, os brotos novos e saudáveis do novo irão emergir e com eles, uma estrutura inteiramente nova irá surgir. E esta estrutura não é uma ilusão precária como a velha, porque esta estrutura foi construída para durar e, como tal, a vossa presença aqui no planeta está garantida. Porque o que irá emergir é uma maneira de vida que é sustentável em todos os sentidos da palavra, e então podem criar um mundo novo onde vós e o vosso planeta irão coabitar em paz e harmonia para sempre.

 
Channel: Aisha North

Webpage: Aisha North – Channelings and Words of Inspiration

Tradutora:Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com


stock photo : English flag butterfly, isolated on white background

The manuscript of survival - Part 274 . February 26, 2013




For quite some time now, you have felt how the surge of energy has increased, and with it, things have started to manifest. For some of you, these manifestations seem to limit themselves to some physical outbursts of irritation, and mayhaps some rather intense emotional ones as well. But for others, things have started to seep out in the open, and even if some of these signals may seem feeble at best, they are in fact only forerunners for what is to come. And on the best of days, you will all feel this deep certainty within as you will know beyond the shadow of a doubt that this world that you inhabit has already changed beyond recognition. Not on the thin film of illusion that still covers it, but deep within the core. And deep within the core is where the truth is, as the rest is only a projection, a film still running to make you all think that it is business as usual.

But what is ”business as usual”? A continuous cycle of fear and greed that have fuelled each other for so long. Well, that cycle has been broken, and it can never be put back together again. For you are no longer willing fodder to this machinery of endless consumerism, for you do not buy into their vision of happiness anymore. For you have seen through all of this glitter and glam, and you have realized that true happiness comes from something else, something that is so profound, and it resembles nothing that can be bought for money. For that is what has been holding this charade together in the first place, this idea that true happiness comes from partaking of all of the worldly goods that are being displayed in the glass windows in any store. And the idea that you simply cannot be happy before you have it all is one that has been driving this wheel of fortune for generations. But there is not enough of anything, whether it be money or objects, that will quench this thirst for something to fill that giant void inside.

And so it has been going on and on, in this endless quest for fulfillment and redemption. But the only thing coming out of this, is more fear and then more greed, and the two have fuelled each other in such a way it has driven mankind, and with it Mother Earth, to the brink of self-destruction. But you have halted in your tracks, pulled off this yoke that has been pulling you ever forward towards this precipice, and you have started to push this momentum in a very different direction indeed. And now, the rest of this machinery has started to feel the effect from your new gravitation. For it is just like a magnet that is being pulled along by a seemingly invisible force, as your energy is starting to have a profound effect, not only on your existence, but on everything that exists. For you are not just single individuals making a new choice about your own way of life. You are also powerful generators of a field of energy that is starting to affect everything within a large radius around you. And even if you are small in numbers compared to the rest of the population on this planet, your field of influence is already powerful, but it is also growing by the day.

So now, you are pulling more and more into your field, and by your very presence, you are also affecting those around you, and by that, maximizing the effect these new energies have. For you are the anchors, and through you run the current that is amping up the volume on this whole globe. And you are all starting to hum just like an electric generator is emitting a low, but continuous sound as it generates that invisible power. So do not think that you are just a small drop in the sea of humanity. No, you are in fact as effective as superconductors, and you are putting out a steadily increasing amount of energy that is slowly but surely making its mark on everything around you. So yes, you are all busy changing the world, even if you at the moment feel you are barely scraping along yourself. For you are all powerhouses, and the combined effect from all of these amazing fields of energy is nothing short of miraculous. And now, you have already gotten the first glimpses of how this energy is literally starting to pull the old illusion apart. For this flimsy structure holds no power against the one you are wielding. For your power comes from the heart, and there is nothing that old fear based power structure can muster that will be able to staunch the flow from all of you.

So know that change is already here, and it will continue to grow in speed and intensity as the old structures will continue to crumble at a speed that many outsiders will look upon as an alarming rate. But you will know better, for you will know that this was a long time coming, but now it is finally here. And when the old dies down, the new and healthy shoots will emerge, and with them, a whole new structure will emerge. And this structure is not a flimsy illusion like the old one, for this structure has been build to last, and as such, you presence here on this planet is also guaranteed. For what will emerge is a way of life that is sustainable in every sense of the word, and then, you can create a brand new world where you and your planet will cohabit in peace and harmony forever.



Channel: Aisha North

Sunday, February 24, 2013

24:02:2013 -- The Manuscript of Survival - Part 273


stock photo : Portuguese flag butterfly, isolated on white background



O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 273 . Fevereiro 24, 2013

1.Talvez tenham notado ultimamente um apressar e isso não é errado. Por agora, a catarata de energia que começou a jorrar sobre todos vós, nas últimas semanas do ano transacto, não só ganhou força como também eficiência. Daí, os variados sintomas físicos intensificados que muitos experimentam neste momento, Recordamos outra vez que se, por vezes, eles possam parecer que quase vos incapacitam, de facto, estão apenas a preparar-vos para o que está guardado. E o que vocês têm em armazém não é nada menos do que miraculoso.

2. Sabemos que poderão parecer palavras ocas aos que ainda sofrem devido às últimas investidas, porque estão numa época difícil, envolvendo a vossa cabeça na vossa existência diária que pode parecer bastante prejudicada por estas injecções intensas. Mas deixem-nos dizer que, por vezes, por mais difícil que seja, nunca terão a oportunidade de pronunciar as palavras “Afinal, não valeu a pena”. Porque aquilo para onde se dirigem, irá afastar qualquer acidente, dificuldade, dor e sofrimento que tenham experimentado durante tudo isto, e tal como uma mãe a erguer  pela primeira vez nos braços, o filho recém-nascido, irão esquecer a jornada difícil que percorreram para alcançar isto, o nascimento do novo. Pois logo que experimentem a primeira inalação completamente imersos no novo mundo que todos estão muito ocupados a construir, com a ajuda de todos estes surtos de energia, irão cair de joelhos de gratidão e felicidade. E então, a memória da vossa jornada que acabaram de completar, irá de alguma forma desvanecer-se, porque nunca mais poderão olhar para trás. Pois o que tereis em mente será o aqui e agora e, como tal, é muito importante que parem e ponderem um pouco sobre o processo em que agora estão inseridos. Pois ele passará e com ele, muito do que conceberem como sendo uma parte importante de vós, também passará. Por agora, muitos identificam-se tão fortemente com este processo, com todos os seus altos e baixos, subindo alturas de alegria e poços profundos de dor e desespero. Mas não esqueçam que não é por isto que estão aqui. Isto é apenas uma fase transitória e mesmo que pareça não ter fim e que, por vezes, esteja para lá da vossa compreensão, não é esse o estado que permanecerá na vossa consciência logo que acabe.  

3. Porque então, terão finalmente despido o velho manto e entrado completamente nas vossas vestes de luz. E com isso chega uma existência completamente nova em que todas as memórias destes tempos difíceis não terão mais cabimento. Porque não estão aqui para reviver todos estes desafios físicos e emocionais. Estão aqui para viver plenamente e logo que tenham completado essa tarefa de construir o novo, estarão completamente imersos a vivê-lo. Por esta razão dizemos, não confundam esta jornada com o que estão para fazer aqui. Sim, vocês são os percursores e, como tal, os que estão a tornar essa reviravolta possível, mas isso é apenas uma pequena parte da vossa missão. Porque estão aqui para saborear os frutos de todo este trabalho e fá-lo-ão com todo o coração e com o vosso corpo.


4. Assim, dizemos de novo, para que saibam que estes efeitos secundários de todo este trabalho de reconstrução que estão, presentemente, a fazer, que são apenas superficiais e secundários, e logo que tenham o último prego no lugar, para explicar isto de maneira simples, estarão livres para usufruir o resultado de tudo isto. E então, irão finalmente ver o vosso verdadeiro Eu. O Eu brilhante, abençoado de todas as maneiras e livre como uma ave. Pois então não terão de carregar as algemas do velho, nem o fardo da reconstrução, e então serão livres para viver plenamente, à imagem da verdadeira Fonte. Por isso, não fiquem apanhados nas dores e no sofrimento, na raiva e na frustração. Porque esse não é o vosso verdadeiro Eu, é apenas a parte que está a construir o vosso verdadeiro Eu. E em breve, irão começar a sentir como essa parte interior começará a emergir desse casúlo estreito e constrangedor. É necessário um pouco mais de trabalho de amor antes que possam emergir plenamente desse casulo, mas não deixem que isso vos induza a pensar que irão ficar grudados neste processo para sempre. Pois tal como a borboleta, também ter-se-ão transformado completamente ao emergir e então todo o trabalho difícil que fizeram irá esfumar-se, comos as crostas secas do casulo que esconderam antes as cores brilhantes da borboleta. E tal como a borboleta, também esquecerão o eu antigo, porque não serão mais a humilde lagarta a rastejar no chão. Então, tomarão as vossas asas e erguer-se-ão no céu, sem um segundo pensamento.
 
Channel: Aisha North

Webpage: Aisha North – Channelings and Words of Inspiration

Tradutora:Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com

stock photo : English flag butterfly, isolated on white background

The Manuscript of Survival - Part 273 . February 24, 2013




You have mayhaps noticed a quickening in the atmosphere lately, and that is no mistake. For now, the waterfall of energy that started to pour into you all in the last weeks of last year has gained not only in strength, but also in efficiency. Hence, the somewhat intensified physical symptoms many of you experience at the moment. Again we remind you that even if they at times seem to almost incapacitate you, they are in fact only preparing you for what you have in store. And what you have in store is nothing short of miraculous.

We know that this will sound as empty words to all those still suffering from these last onslaughts, as you have a hard time even wrapping your head around your everyday existence that may seem to be more than a little hampered by these intense injections. But let us just say that no matter how hard the going will be at times, you will never ever get the chance to utter the words ”this was not worth it in the end”. Because what you are heading for, will wash away any mishap, hardship, pain and suffering you might have experienced during all of this, and just like a mother holding her newborn in her arms for the very first time, you will forget the arduous journey you had to go through in order to achieve this, the birth of the new. For once you experience that first breath completely immersed in the new world you are all busily putting together by the help of all of these energetic bursts, you will fall down on your knees in gratitude and bliss. And then, the memory of the journey you have just completed will in some ways fade away, because you cannot look back anymore. For what you have in mind is the here and now, and as such, it is in many ways important to sometimes stop and ponder a little bit about the process you are currently in. For it will pass, and with it, much of what you have deemed as being an important part of you will pass too. For now, many of you identify so strongly with this process, with all of its ups and downs, soaring heights of joy and bottomless pits of pain and despair. But forget not that this is not why you are here. This is only the transitional phase, and even if it seems endless and almost beyond comprehension at times, this is not the state that will linger in your consciousness once it is finished.

For then, you have finally stepped out of your old robe, and fully stepped into your new garments of light. And with that comes a whole new existence where all of the memories from this arduous journey no longer have a place. For you are not here to relive all of these challenges, both physical and emotional. You are here to live fully, and once you have completed this task of constructing the new, you will be fully immersed in living it. So therefore we say do not mistake this journey for what you are here to do. Yes, you are the forerunners, and as such, the ones that are making this turnaround possible, but that is only a small part of your mission here. For you are here to savour the fruits of all of this labour, and you will do so with all of your heart and all of your body.

So again we say that know that these side effects from all of this rebuilding work you are currently doing are only superficial and temporary, and once you have gotten the last nail in place to put it like that, you will be free to enjoy the outcome of it all. And then, you will finally see the real you. The shining one, blessed in all ways and free as the bird. For then, you will no longer have to carry the shackles of the old, nor the burden of rebuilding, and then you will be free to live fully, in the image of the true Source. So do not get caught up in the aches and pains, the anger and frustration. For that is not the real you, that is only the part that is making you the real you. And soon, you will start to feel how that inner part of you will start to emerge from this somewhat chafing and restricting cocoon. It takes a little bit more labour of love before you can fully emerge from this cocoon, but do not let that fool you into thinking that you will be stuck in this rut forever. For just like the butterfly, you too will have transformed completely once you emerge, and then the hard work that made you will fall away, just like those dry shreds of the cocoon that once hid the brilliant colours of the butterfly. And just like the butterfly, you too will forget your former self, for then, you will no longer be the humble caterpillar inching along on the ground. Then, you will take to your wings and soar into the sky without a second thought.

Channel: Aisha North

Friday, February 22, 2013

22:02:2013 --The Manuscript of Survival -- Part 272


stock photo : Portuguese flag butterfly, isolated on white background

O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 272 . Fevereiro 22 , 2013



1.De muitas maneiras, a ocasião para fazer uma estimativa está aqui há algum tempo, queridos, porque têm-se sentido empurrados e puxados pela intensidade das descargas de ondas de energia. E quando dizemos estimativa, não nos referimos a nenhum castigo bíblico que tenha sido profetizado. Não, referimos todos os que cavaram tão fundo dentro de si que agora estão a tocar o fundo do velho contentor, procurando alguma solução perdida em relação ao que realmente são. Porque agora é muito mais claro para vós o que não sois, pois sentis a sensação de separação do chamado mundo “normal” lá fora a tornar-se cada vez mais pronunciada. E como tal, pode ser forte a sensação de pairar sobre um abismo profundo, caminhando dificilmente numa estrutura sem solidez que vocês construíram puramente com fé. Porque abandonaram de boa vontade, tudo aquilo que o resto da Humanidade parece considerar ser a maneira normal de vida, mas, no entanto, não têm uma compreensão clara do que têm estado à espera e que está para chegar. Pois há poucas ou nenhumas pistas, sobre o que começaram a manifestar, porque isso é, de muitas formas, literalmente invisível para o mundo exterior.

2. Por isso, sim, na verdade estão a dar o maior salto de fé que há, porque escolheram cortar as amarras que vos ligam ao velho sem nenhuma ideia clara para onde se estão a dirigir. Ou o contrário; profundamente no vosso interior, sabem o que querem e sabem o que irão alcançar, mas como ainda é muito pouco detectado pelos sentidos normais, têm um desejo leve, mas profundo de navegar. E como tal, a sensação de uma insegurança esmagadora pode aparecer em qualquer altura, e vocês terem uma sensação de surpresa, uma sensação de ‘terei feito a escolha certa?’ e, por vezes, essa sensação pode ser muito difícil de descartar.

3. É muito compreensível, porque escolheram ser os indicadores do caminho deste processo. Como referimos antes, muitas vezes, estão a viajar num terreno inexplorado. Por isso, não encontrarão pegadas para seguir, não há indicadores claros a apontar a direcção certa e não há nada aí a dizer até que ponto terão de ir antes de alcançar o vosso objectivo. Deste modo, por vezes irão sentir-se perdidos, como um bebé num bosque para usar uma expressão que vos é familiar e, talvez a tentação de chamá-lo e refazer os vossos próprios passos, pode, às vezes, tornar-se quase insuportável. Mas se realmente pararem para pensar nesse assunto, irão compreender que não há motivo para regressar. Porque o velho mundo que deixaram não é um lugar para o qual considerem regressar. Não é mais um lugar indicado para vós, porque é um lugar que não tem nada de positivo. Assim, estão aí, aparentemente inseridos na espessura dele, sem nada que vos mostre para onde ir a seguir, e sem sentir que querem regressar ao que deixaram para trás. 

4. Realmente é em ocasiões como esta que necessitam reunir os vossos sentidos e tentar ligar-se não apenas com o vosso centro, mas também com a rede de companheiros de viagem que estão todos a seguir em frente em direcção ao mesmo objectivo que vós. Pois têm necessidade de assegurar uns aos outros, que não estão perdidos. De facto, têm um farol no interior que é tão forte que não podem substituí-lo, por mais arduamente que tentem e vão encontrar o vosso caminho, mesmo quando sentem, literalmente, como se estivessem a andar de olhos vendados na maior escuridão do desespero. Pois estão a poucos centímetros de descobrir a clareira onde vão finalmente ser capazes de ver o que já sabem de coração que está lá, e não dizemos isso para tentar, mais uma vez, lançar poeira para os vossos olhos. Pois estão a prosseguir fortes, mesmo quando se sentem mais fracos do que os fracos e, como tal, gostaríamos que sentissem a força que emitem por se juntar mentalmente a todos os outros que estão a ser puxados como vocês, por aquela mesma força poderosa. Pois são faróis de luz e mesmo que o bosque através do qual estão a viajar, possa, de momento, parecer estar demasiado denso, irão ver a vossa própria luz reflectida lá fora, nos olhos dos outros.


5. Então, procura a companhia deles e podes fazer isso literalmente a partir do conforto da tua casa. Porque tens um apelo dentro de ti que é tão forte e este apelo é o mesmo que soa nos corações de todos os outros que sintonizaram o mesmo canal que tens no interior. E quando te sentares para ouvir este canal interior, irás verdadeiramente ouvir as vozes dos teus companheiros humanos, homens e mulheres, a murmurar juntamente com ele. Por isso, por favor arranja tempo para te sentares isoladamente e entrar em sintonia com esse coro do qual és um membro proeminente. Então serás tranquilizado pela clareza das vossas vozes, e serás mais capaz de discernir o poder que todos emitem. Felizmente, isso tornará o último troço dessa “viagem pela selva” um pouco mais fácil de completar, porque saberás no teu coração que não apenas estarás a caminhar na direcção certa, estás a fazê-lo na companhia de uma multidão de seres irradiantes, transformando o vosso globo numa rede intrincada de caminhos brilhantes, convergindo todos para o mesmo objectivo.
 
Channel: Aisha North

Webpage: Aisha North – Channelings and Words of Inspiration

Tradutora:Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com



stock photo : English flag butterfly, isolated on white background

The manuscript of survival - Part 272 . February 22, 2013




The time of reckoning has in many ways already been here for quite some time now, dear ones, as you feel yourselves being pushed and pulled by the intensity of the incoming waves of energetic uploads. And when we say reckoning, we do not refer to some biblical scourge that has been oft prophesied, no, we refer to the fact that you have all digged so deep within yourselves now that you are almost scraping the bottom of the old container, searching for any lost clues as to what you really are. For what you are not has become more clear to you now, as you feel the sense of separation from the so called ”normal” world out there becoming more and more pronounced. And as such, the feeling of hovering over a deep abyss, walking precariously on a flimsy structure you have built purely on faith may be strong. For you have willingly abandoned everything that the rest of mankind seem to think is the normal way to live, but as yet, you have no clear understanding of what you have waiting for you ahead. For there are little or no clues as to what you are already starting to manifest, as it is in so many ways literally invisible to the outside world.

So yes, you are indeed taking the biggest leap of faith there is, for you have chosen to sever the bonds that tie you to the old without any clear idea as to what you are going towards. Or rather, deep within you know what you want and you know what you will achieve, but as this is still very much undetectable to the normal senses, you have little but a deep longing within to navigate by. And as such, the feeling of overwhelming insecurity may pop up at any time, and you get a sense of bewilderment, a sense of ”have I done a wise choice here?”, and sometimes, that feeling can be very difficult to shake off.

That is more than understandable, because you have chosen to be the wayshowers in this. You are, as we have talked about so many times before, travelling through unchartered terrain. So you will find no footprints to follow in the wake of, there are no clear markers pointing out the right direction, and there is nothing there telling you just how far it is to go before you reach your goal. So you will at times feel lost, like a babe in the woods to use an expression you might be familiar with, and the temptation to maybe call it quits and retrace your own footsteps may become almost overpowering at times. But if you actually stop to think about it, you will realize that there is nothing to return to. For the old world that you left is not a place you could even consider returning to. It is not the place for you anymore, because it is a place that holds nothing you could deem as positive. So there you stand, seemingly in the thick of it, with nothing showing you where to go ahead, and no sense of wanting to return to what you have left behind.

It is indeed at times like these you need to gather your senses and try to connect not only with your own center, but also with the network of fellow travelers that are all stepping ahead towards the same ultimate goal as yourself. For you need to reassure each other that you are not lost. In fact, you have a homing beacon within that is so strong you cannot override it no matter how hard you try, and you will find your way, even when you feel literally like you are walking blindfolded in the darkest of despair. For you are within inches of finding that glade where you will finally be able to see what you already know in your heart is there, and we do not say this to try to pull any wool over your eyes yet again. For you are going strong, even when you feel weaker than weak, and as such, we would like you to feel the strength that you emit by mentally joining yourselves to all of the others out there being pulled along by that same strong force as you. For you are beacons of light, and even if the neck of the woods that you are traveling through may seem to be on the dense side at the moment, you will see your own light reflected in the eyes of the others out there.

So seek their company, and you can do this literally from the comfort of your own home. For you have a calling within you that is so strong, and this calling is the same that is ringing in the hearts of all the others that have tuned into the same channel that they have within. And when you sit down to listen to this inner channel, you will indeed hear the voices of all of your fellow men and women humming along with it. So please take some time to sit down in solitude and tune into this choir that you yourself is such a prominent member of. Then you will be reassured by the clarity of your voices, and you will be better able to discern the power you all emit. Hopefully, it will make the last stretch of this ”jungle trip” a little bit easier to complete, because you will know in your heart of hearts that not only are you walking in the perfect direction, you are doing it in the company of a multitude of other shining beings, spanning your globe in an intricate network of shining paths, all converging towards the same goal.






Channel: Aisha North

Wednesday, February 20, 2013

20:02:2013 --The Manuscript of Survival - Part 271

stock photo : Portuguese flag butterfly, isolated on white background

O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 271 . Fevereiro 20, 2013

1.A razão porque se podem sentir um pouco mais apáticos é fácil de explicar. Mais uma vez o nível das descargas energéticas foi ampliado e estão literalmente a ser banhados pelas forças da mudança. Por isso, sim, esperem alguns efeitos colaterais interessantes pois estão novamente a ser empurrados e puxados em todas as direcções por toda esta informação que melhora a vida e que está a ser irradiada para vós. E mais uma vez sentirão como estão a ser quase levados a reagir, porque, na verdade, estas energias não param com coisa alguma, de maneira a serem completamente assimiladas por vós.


2. Pode parecer um pouco insensível da nossa parte, mas dizemos isto de modo a acentuar o facto que, mesmo que o desaguar de todo este bombardeamento energético possa, por vezes, ser menos agradável, é sempre feito com a melhor intenção. Por isso, sim, por vezes são impiedosos, mas também estão a fazer um mundo de bem, assim, dizemos de novo, que para aguentarem. Sabemos que é pouco conforto para os que tem surtos de náuseas, fadiga e talvez, mesmo surtos repentinos de profunda tristeza. Mas recordem, realmente são sinais de avanço, e mesmo que não sejam agradáveis durante a presente inserção, estes códigos novos irão ajudar-vos a tornar aquilo porque têm lutado para ser há tanto tempo.

3. Por hoje, vamos deixar isto neste ponto. Pensamos que hoje terão menos inclinação a ler e mais a descansar, porque na verdade é importante assegurar-vos que obedecem aos desejos do vosso corpo sempre que é atacado por todas estas forças exteriores. Não obstante, são uma grande equipa e irão atravessar toda esta fase juntos e emergir no outro lado vitoriosos, brilhantes e infinitamente mais fortes do que talvez se sintam hoje. Porque é precisamente outra revitalização do vosso sistema e que vos ajudará a explorar ainda mais o potencial escondido que trazem no vosso interior. Portanto, dizemos, mais uma vez, estejam calmos e respirem profundamente, e proporcionem a si próprios, o tempo e o cuidado que necessitam, de maneira a tirar partido desta informação que estão a receber. Porque tal como o vosso computador, necessitam dar ao vosso corpo o espaço para ser capaz de reiniciar todos os seus sistemas, sempre que um novo programa tenha sido descarregado. Por isso, considerem esta informação como uma indicação para se manterem centrados e não se esforçarem demasiado, de momento. Pelo contrário, é uma altura para contemplação tranquila, e também de gratidão para convosco. Pois estão constantemente a trabalhar tão arduamente para o objectivo de ressuscitarem e estão a fazê-lo pouco a pouco, peça por peça. Por isso, vamos ficar por aqui hoje e dar-vos outra pancadinha tranquilizadora nas costas. Pois estão a proceder muito bem, mesmo em tempos como estes em que se sentem que são tudo menos perfeitos.
 
Channel: Aisha North

Webpage: Aisha North – Channelings and Words of Inspiration

Tradutora:Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com

stock photo : English flag butterfly, isolated on white background

The manuscript of survival - Part 271 . February 20, 2013




The reason you might all feel a more than a little bit put out today is as always easy to explain. Once again the level of energetic downloads has been amped up, and you are literally being bathed in the forces of change. So yes, expect some rather interesting side effects as you once again are being pushed and pulled in every direction from all of this life-enhancing information that is being beamed into you. And once again you will feel how you are being almost prodded into reaction, as these energies will indeed not stop at anything in order for them to be completely assimilated by you.

This may sound a bit callous, but we say this in order to underscore the fact that even if the outfall from all of this energetic bombardement may be less than pleasant at times, it is always done with the best of intention. So yes, they are merciless at times, but they are also doing you a world of good, so again we say hang in there. Little comfort, we know, to all those of you beset by bouts of nausea, fatigue and maybe even sudden onsets of deep, deep sadness. But remember, they are indeed signals of advancement, and even if they are not pleasant during the actual insertion, these new codes will all help you become what you have been striving to be for so long.

Let us leave it at that for today. We think you will have less inclination to read today and more to rest, as it is indeed important to make sure you obey the wishes of your body whenever it is beset by all of these outside forces. After all, you are a great team, and you will get through all of this together and emerge at the other end victorious, shining and infinitely stronger than what you mayhaps feel like today. For this is just another revamping of your system, and one that will help you to explore even more of the hidden potential you carry within. So again we say stay calm and breathe deeply, and give yourself the time and care you need in order to make the most of this new information you are receiving. For just like your computer, you need to give your body space to better be able to reset all of its systems whenever a new program has been downloaded. So take this as a hint to stay centered and not to push yourself too much at the moment. Rather, it is a time for quiet contemplation, and also for gratitude towards yourself. For you are constantly working so hard towards the goal of resurrecting yourself, and you are doing it bit by bit, piece by piece. So let us leave it at that for today, and give you all another reassuring pat on the back. For you are doing good, even at times like these when you feel less than perfect.


Channel: Aisha North

Monday, February 18, 2013

18:02:2013 -- Part 270

stock photo : Portuguese flag butterfly, isolated on white background

O Manuscrito da Sobrevivência - Parte 270 . Fevereiro 18, 2013


1.Sabemos que para alguns de vós, esta altura é uma época de tumulto. Pois onde está a tão badalada “terra prometida”? Vocês olham à vossa volta e tudo o que vêem é exactamente o mesmo, porque os vossos olhos aterram nos dias transactos de 2012. Bem, talvez estejamos aqui para vos dar um vislumbre do que não é visto, porque onde tendes pousado os vossos olhos pode não ser toda a verdade da vossa existência. Porque fostes condicionados a reconhecer um mundo superficial de desespero e ilusão e, como tal, o desejo de algo muito mais profundo está a crescer dia-a-dia. E com razão. Porque, se fosse  caso de que “aquilo que vêem é o que obtêm”, então esta existência seria lamentável, com muito pouco ou mesmo nenhum espaço para evoluir.

2. Mas, como dizem, pensem novamente, porque aquilo que realmente vêem não é o que estão a obter, porque aquilo que vêem é o remanescente do antigo que está vagarosa, mas firmemente, a começar a desaparecer. E irá desaparecer, em alguns casos mais abruptamente do que poderiam ter imaginado, porque as notícias a chegar ao vosso caminho através das ondas do ar e da comunicação mediática, têm-no afirmado claramente. Pois esse velho manto do medo começou a rebentar pelas costuras, e este processo de esclarecer ganhou momento e assim continuará. Juntamo-nos a muitos que começaram a sentar-se mais alerta nas suas cadeiras, a seguir os acontecimentos dramáticos da última semana, a respeito dos poderes de várias matizes, terrenos e celestes. Sim, realmente é uma altura muito interessante para estar vivo e, certamente, uma época interessante para ser observada.

3. Mas recordem, na qualidade de indicadores do caminho, já assumiram isso para se prepararem para o que está a chegar, e deitaram fora toda a velha bagagem que muitos dos vossos companheiros humanos ainda arrastam atrás deles. Como tal, estarão literalmente livres para agir, logo que vejam as oportunidades surgir à vossa volta. E agora, graças ao abrandamento da garra do velho e do conservador, no sentido total destas palavras, os rebentos do novo crescimento irão começar a emergir em toda a parte. Por isso, a velha guarda será literalmente apanhada sem guarda e, mesmo que tentem, não podem mover energicamente o poder suficiente para impedir que este processo aconteça. E eles sabem-no, porque também podem ler os sinais a chegar ao seu caminho. No entanto, não é como se estivessem escritas em letras minúsculas, escondidas algures, num túnel obscuro. Não, agora os sinais tornaram-se claros e distintos, e continuarão a amplificar-se e a aumentar à medida que avançarem para a Primavera, no vosso hemisfério do globo. Pois este ano, a Primavera do Norte irá anunciar a Primavera em todo o globo, e a estação do Outono, no outro hemisfério, irá sinalizar o fim da velha organização. Por isso, eles irão desvanecer-se, tal como as cores do Outono e irão cair para o chão à medida que perdem a influência dos seus poderes, tal como as folhas renunciam a agarrar-se aos ramos das árvores. Mas, à semelhança das folhas, nada do antigo será desperdício, porque servirá de nutriente para os rebentos novos que afloram através da camada densa do solo da floresta. Pois é um ciclo, queridos, e a energia contida mesmo nas almas mais atrasadas e renitentes, irá servir para energizar tudo, logo que esteja liberta da velha camada da negatividade.


4. Então dizemos novamente que escolheram bem, porque escolheram estar aqui neste momento exacto do tempo a fim de participar neste ciclo de rejuvenescimento e renovação. E pela vossa própria presença, fizeram com que as rodas começassem a girar, porque vocês são os que fizeram a tarefa formidável de puxar e empurrar com toda a força para conseguir que as rodas se movessem de novo, depois de terem estado imobilizadas num aparente pântano de lama sem fim, durante tanto tempo. E devido aos vossos esforços titânicos, as rodas finalmente começaram a mover-se e, devido à vossa capacidade de não desistir, asseguraram que essas rodas tenham começado agora a mover-se livremente e pelo seu próprio acordo.

5. Por isso, percebam esta explicação como sendo outra lembrança de que já fizeram a parte mais desafiadora da vossa tarefa e a partir de agora, irão concentrar-se na reconstrução das coisas. E certamente será muito mais gratificante do que estarem atolados na lama, como algo que parece estar imobilizado para sempre e que se recusa mover, não importa quão frustrados vocês se sintam. Pois mesmo que, agora e logo, a frustração erga a cabeça na época que vai surgir, não será pela mesma razão anterior, porque agora irão sentir que seja o que for que faça abrandar as rodas, é apenas um pequeno obstáculo ou uma pedrita que vos mantém atrasados, mas apenas momentaneamente. Por agora o velho pântano da descrença e da privação do poder foi deixada para trás e tudo o que têm a fazer é manter-se em movimento e começar a saborear a velocidade. Sintam o vento no vosso cabelo e saibam que esses sinais do vento da liberdade, não são apenas para vós, mas são para todo o planeta. E saibam que irão ser empurrados para diante por forças mais poderosas do que qualquer oposição a este momento de avanço, que eles tentem lançar no vosso caminho. Porque agora esta jornada não pode ser impedida por nenhuns poderes terrenos, nem por mais nada.
 
Channel: Aisha North

Webpage: Aisha North – Channelings and Words of Inspiration

Tradutora:Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com
      

stock photo : English flag butterfly, isolated on white background
        

The manuscript of survival - Part 270 . February 18, 2013




We know that for some of you, this time has been a time of discord. For where is the much promised ”promised land”? You gaze about and all you see is exactly the same as your eyes landed upon back in the old days of 2012. Well, we are here to mayhaps give you another glimpse into the unseen, as what you have been fastening your eyes upon may not be the whole truth of your existence. For what you have been trained to acknowledge, is a mere superficial world of illusion and despair, and as such, deep inside, the longing for something so much more profound is growing day by day. And rightly so. For, if this was a case of ”what you see is what you get”, then this existence would be a sorry one indeed, with little or no room for improvement.

But think again, as we say, because what you actually see is not what you will be getting, for what you see are just the remnants of the old that is slowly but surely starting to fade way. And fade it will, in some cases more abruptly than you could have thought, as the news coming your way via the airwaves and the mass media have more than stated clearly. For you see, this old garment of fear and disillusionment has already started to rip at the seams, and this unraveling process has gained momentum, and will continue to do so. We gather that many of you have already started to sit up more alert in your chairs following the dramatic events of just last week, concering both earthly and more celestial powers of various kinds. So yes, this is indeed an interesting time to be alive, and certainly an interesting time to behold.

For remember, you as the wayshowers have already taken it upon yourselves to prepare for what is to come, and you have jettisoned the old baggage that so many of your fellow men are still dragging behind them. And as such, you will be literally free to take action as soon as you see the opportunities start to arise around you. And now, thanks to the lessening of the grip of that old and conservative in every sense of the word, the spurts of new growth will start to emerge in evey nook and cranny. So the old guard will be literally caught off guard, and even if they try, they cannot manage to rustle up enough power to stop this process from taking place. And they know it too, because they too can read the signs coming their way. After all, it is not as if they are written in minuscule letters hidden somewhere in an obscure channel. No, the signs have become loud and clear now, and they will continue to amplify and magnify as you move towards spring on your half of the globe. For this year, the spring in the north will herald spring all over the globe, and the autumn falling on the other half of your globe will signal the end of the old brigade. So they will be fading away, just like the colors of the fall, and they will tumble to the ground as they lose the grip on their powers, just like the leaves must relinquish their hold on the branches on the tree. But just like those leaves, nothing of the old will come to waste, as it will serve as nutrition for the new saplings starting to poke through the dense cover on the forest floor. For this is a cycle dear ones, and the energy contained even in the most backwards and stubborn of souls will serve to energize everything else as soon as it is liberated from the old husk of negation.

So again we say that you have chosen well, as you have chosen to be here at this exact moment in time, to be participants in this cycle of rejuvenation and renewal. And by your very presence, you have made the wheels begin to turn, as you are the ones who did that formidable task of pushing and pulling with all of your might to get the wheels moving again after being stuck in a seemingly endless morass of muck for such a long time. And by your gargantuan efforts, the wheels finally started to move, and by your ability to not give up, you have now ensured that these wheels have started to move freely and on their own accord now.

So take this as another reminder that you have done the most challenging part of your task already, and from now on, you will focus on the rebuilding of things. And that is certainly much more rewarding than toiling in the muck with something that seems to be stuck there forever, and that refuses to budge no matter how frustrated you get. For even if frustration will raise its head now and then in the time ahead, it will not be for the same reason as before, because now you will sense that whatever gets these wheels to slow down is only a small hindrance or a little pebble holding you back, but only momentarily. For now, the old swamp of disbelief and disempowerment has been left behind, and all you have to do is to keep yourselves moving along, and start to relish in the speed. Feel the wind in your hair, and know that this signals the wind of freedom, not only for you, but for this whole planet. And know that you will be propelled along by forces mightier than whatever the opposition to this forward momentum might try to throw in your way. For this journey cannot be stopped now, not by any earthly powers, nor by anything else.

Channel: Aisha North


ET FIRST CONTACT RADIO -- MAARTEN HORST

ET-FIRST CONTACT ON BBS-RADIO avatar.jpg

Broadcasting Schedule:

Mondays at 11 AM PST / 2 PM EST / 20:00 CET via:www.findingvoicesradio.com

Thursdays at 1 PM PST / 4 PM EST / 22:00 CET via:http://www.bbsradio.com/bbs_talk_radio_station1.php

Sundays at 10 AM PST / 1 PM EST / 19:00 CET viawww.findingvoicesradio.com

More info:http://www.bbsradio.com/etfirstcontactradio

People can donate tomaartenhorst@zeelandnet.nlvia PayPal.

JAIL THE BANKERS

COBRA on ET FIRST CONTACT RADIO

APOIO A BRADLEY MANNING!

E.T. contact meditation

This video was designed specifically as a visualization tool to assist in vectoring Extraterrestrials and their Consciously guided craft's to your location. Reaching out far into the Universe and guiding the ETs smoothly to your precise location using intention and visualization. You can go through the sequence many times over if you wish, for a period of 10-20 minutes after you have reached a meditative state.

Let your mind rest on, and then follow the tones as you move freely into a transcendental state.


cONGRESS

ch


CLICK THE FIRST BUTTON OF THE RIGHT (CAPTIONS)
TO GET SUBTITLES IN VARIOUS LANGUAGES

Please sign this Petition

Foto

Read more about it and sign it here:
http://www.avaaz.org/en/petition/How_to_REALLY_Save_US_Army_Recruiters_From_Preventable_Suicides/?eQSwffb





Mensagem do Criador




O CRIADOR ENVIA UM ANÚNCIO

Canal: Kathryn E May, PsyD
02 de Agosto de 2013

http://disclosure-2012.com/page/482254554

O Criador Original Fala:

Meus Queridos, não falo muitas vezes directamente convosco, mas é uma época tão extraordinária que estou a aproveitar esta oportunidade para falar-vos mais sobre o vosso mundo, e como é importante que se concentrem completamente, agora, em erguer as vossas vibrações, especialmente aqueles que estiveram tão ocupados a trabalhar, a ganhar dinheiro para pagar as contas e cuidar da família.

Esse tempo terminou. Não haverá mais contas para pagar, mais problemas sobre como ireis alimentar as vossas famílias, educá-las ou sobreviver durante a vossa reforma. A vossa reforma será gloriosa, muito para além dos vossos sonhos mais ousados, não irá custar-vos nada e começa agora, seja qual for a vossa idade cronológica na Terra. Não será uma reforma/retirada da Vida, nem será a morte. Estais agora no limiar de uma viagem magnífica em direcção às estrelas.

Os vossos Irmãos e Irmãs estão precisamente à vossa espera. Olhem para o céu numa noite clara. Enviem-lhes saudações e eles irão fazer cintilar as luzes coloridas das suas naves para mostrar a sua felicidade, para vocês os verem, e em breve estarão aqui convosco, a caminhar entre vós, a abraçar-vos, a cantar hinos de celebrações convosco. Agora há milhares deles ao longo das linhas da rede que traz a energia do Cosmos, para erguer-vos e ensinar-vos o Amor e a Luz Sem Fim.

READ MORE

Conversando com Deus

Sirius